top of page
Buscar
  • Foto do escritorDBTEC

Expansão de Energias Renováveis: O Caminho para um Futuro Sustentável

A revolução das energias renováveis está atingindo um ritmo sem precedentes, conforme destaca o mais recente relatório da Agência Internacional de Energia (AIE). O setor experimentou um crescimento exponencial de 50% no último ano, alcançando quase 510 GW, sendo que a fonte solar foi responsável por três quartos dessa expansão. O epicentro desse avanço foi a China, que contribuiu com números equivalentes à soma global de 2022. Países como Europa, Estados Unidos e Brasil também celebraram recordes históricos na ampliação de suas capacidades instaladas.

 


A análise, realizada após a COP28 em Dubai, sinaliza que, sob as políticas e condições de mercado atuais, as tecnologias verdes têm o potencial de atingir impressionantes 7.300 GW até 2028. Esse cenário é considerado pela AIE como uma "oportunidade real" para alcançar a meta de triplicar a capacidade até 2030, conforme estabelecido na conferência sobre alterações climáticas recentemente concluída.

 

O estudo aponta que painéis fotovoltaicos e turbinas eólicas liderarão esse movimento, representando 95% da expansão. Essas tecnologias estão prestes a superar o carvão, tornando-se a principal fonte de produção de eletricidade global até 2025. Apesar do crescimento notável, a AIE destaca a necessidade de esforços adicionais, especialmente em relação a países emergentes e em desenvolvimento, que enfrentam desafios como incerteza política, infraestrutura de rede insuficiente e barreiras administrativas.

 

Para efetivar esse avanço, é crucial uma maior colaboração com os governos, visando soluções de financiamento e superação de desafios específicos enfrentados por essas nações em desenvolvimento. Além do foco em triplicar a capacidade renovável, o pacto estabelecido na COP28 inclui metas de duplicar a eficiência energética, reduzir as emissões de metano e abandonar os combustíveis fósseis.

 

Desafios e Oportunidades Regionais

 

A AIE ressalta que o sucesso dessas iniciativas varia consideravelmente de acordo com a região e a tecnologia. Políticas ágeis impulsionariam o crescimento em 21%, mas países em desenvolvimento enfrentam obstáculos como incerteza política e infraestrutura inadequada. Nas economias emergentes, o acesso ao financiamento e marcos regulatórios robustos são cruciais.

 

A agência projeta que, até 2028, a energia fotovoltaica e eólica onshore mais que dobrará nos Estados Unidos, União Europeia, Índia e Brasil em comparação aos últimos cinco anos. O preço dos módulos solares, que diminuiu quase 50% no último ano, impulsiona essa expansão. A capacidade global deverá superar 1.100 GW até o final de 2024, excedendo significativamente a demanda.

 

Brasil na Vanguarda das Energias Renováveis

 

Na América Latina, está prevista a adição de mais de 165 GW de capacidade de energia renovável de 2023 a 2028. O Brasil lidera esse movimento, contribuindo com expressivos 108 GW, seguido por Chile (25 GW), México (10 GW) e Argentina (4 GW). A energia hidrelétrica, outrora dominante, agora representa apenas 5% das adições projetadas.

 

No Brasil, acordos bilaterais no mercado livre desempenham um papel vital, permitindo que mais de 85% das adições de energia solar e eólica ocorram na geração centralizada. Outros países, como Argentina e Chile, veem grande parte das adições impulsionadas por PPAs corporativos ou projetos comerciais.

 

Ao destacar essas notáveis tendências, a DBTEC se coloca à disposição para construir parcerias e sinergias que entreguem soluções excepcionais para grandes projetos, como Painéis Elétricos, Serviços Eletromecânicos para Instalações e Sinalizadores de Obstáculos Aéreos.

 

A DBTEC está pronta para desempenhar um papel fundamental no cenário de crescimento das energias renováveis, agregando confiabilidade e segurança e colocando sua experiência a serviço do mercado.

 

DBTEC, soluções técnicas e fabris ágeis, altamente seguras e competitivas!

45 visualizações

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page